segunda-feira, 14 de maio de 2018

Mimados e malucos

Cresci admirando figuras como Carlos Gomes, Travassos e outros do meu clube preferido e, devido a isso, me tornei simpatizante do Sporting. Mas também admirei figuras de outros clubes como Matateu do Belenenses, Águas do Benfica e Hernâni do Porto.

Ao ver as cenas ultimamente protagonizadas pelos mimados da equipa de futebol, não consigo esconder frustração, pesar e raiva pelas mentalidades terroristas que há décadas vêm acampando em Alvalade! Um treinador vaidoso que tanto menosprezou o colega do rival Benfica, vai já na terceira época a ser ultrapassado por esse; foi ultrapassado pelo treinador do Porto de quem chegou a ser treinador e, quase esteve a ser ultrapassado pelo técnico do Braga que ainda não há muito tempo treinava a equipa B do Sporting e com grande eficiência! Das duas uma: ou só ganhava quando treinava o Benfica porque lá todos os santinhos ajudam ou ele é também um terrorista dos muitos que têm invadido Alvalade! Quanto a Rui Patrício, a quem a comunicação social, rancorosa, chamava muitas vezes de São Patrício, parece que desde o jogo em Madrid com o Atlético, mais se vem assemelhando a um diabo sem alma a fazer par com um outro endeusado pela comunicação social, o “príncipe William”! Estes dois, por andarem a sonhar com os milhões com que certos empresários lhes acenam, vão fazendo o frete ao Sporting que todos os meses lhes recheia a conta bancária esquecendo-se que para esses só interessam as comissões e, eles, ao fim de pouco tempo,são descartados porque os clubes descobrem que compraram, não bons jogadores mas apenas uns reles
mercenários !
Há quem defenda estes jogadores sem caráter porque fazem o jeito à concorrência e até culpam mais o presidente que está empenhado em não deixar sair "mercadoria" a saldos ridículos, como foi o caso de C. Ronaldo, comprado por meia dúzia de milhões pelo Manchester United e depois vendido ao Real Madrid por 94 milhões. Não é que se possa comparar Ronaldo com um Patrício qualquer ou outro mais escuro mas que a política de Bruno Carvalho é correta, lá isso é! Que essa política não agrada aos jogadores nem a um agora comentador da Sic e antigo jogador que muita vez eu vi jogar e dar porrada a outros jogadores adversários, também é verdade. A esse comentador até achei muita graça ontem quando disse que o dr B.Carvalho andava a estudar para maluco! Ele, comentador, que até tem cara de maluco!!!

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Liberdade de controlar


Admiro muito o Benfica! Este clube conseguiu, desde a chegada dum certo Eusébio, ser levado ao colo pelo regime de Salazar até hoje. Vindo do Sporting de Lourenço Marques, com destino ao Sporting Clube de Portugal, Eusébio foi sequestrado em parte incerta, acabando por umas impressões digitais de uma mãe analfabeta, servirem para vincular o também analfabeto jogador, ao clube encarnado!
Admiro o Benfica que, não ganhando nada na Europa há 56 anos, continua entranhado no povo
português dominando tudo e todos, sobretudo desde a chegada do atual presidente à sua direção. Repare-se como é forte este presidente: bastou dizer à comunicação social que se calassem porque
a brincadeira tinha acabado e ei-la, submissa, entretendo-se a dar marradas no pobre Bruno de Carvalho que somente expressa o seu incorformismo contra a falta de verdade desportiva e desigualdade de tratamento quando  se abordam  questões dos 3 grandes. Estou a pensar na atitude de indignação do sindicato de jornalistas quando recentemente se queixou de algumas ofensas  após uma assembleia de sócios do Sporting e que nem sequer reagiu a uma situação idêntica levada a cabo por gente do clube de Eusébio!
Certo dia, há talvez uns sete ou oito anos entrei, em trabalho, na escola secundária do Entroncamento e fiquei horrorizado com o que vi: nos corredores, nos pavilhões, no bar, em todo os recantos da escola, a canalha ouvia músicas do Benfica em altos berros e estava toda equipada de vermelho e com símbolos da águia. Ainda perguntei a alguém da canalha porque era aquilo mas já não recordo o que me foi dito! Numa escola pública! Numa escola de que todos os pais (benfiquistas, portistas,sportinguistas), são contribuintes!!! Talvez não fosse má ideia investigar quem era o diretor! - mas será que adiantaria algo? Num país onde aquele clube fornece borlas para jogos no seu recinto a detentores de altos cargos?
Admiro o Benfica. Esta época já esteve em primeiro lugar mas quando não está, procura realizar os seus jogos sempre antes dos dos rivais para que, mesmo à condição, possa dizer que é lider, nem que seja por algumas horas apenas. Sabe, estrategicamente, colocar presidentes da sua cor em clubes pequenos, sabe colocar treinadores, jogadores, etc.
Admiro o Benfica! Mas não sou parvo!!!
Ah, mas também admiro a comunicação social que, diariamente, não se cansa de atirar pedras ao Sporting e desestabilizar o clube porque, nesta reta final do campeonato, ameaça ultrapassar o seu queridinho!!!
Admiro a comunicação social mas não sou parvo e sei porque e que atiram as pedras!!!

sexta-feira, 23 de março de 2018

latidinhos


Stá na moda ter cãozinho
a ladrar a toda a hora
minha rua tem vizinho
cujo cão até já chora!

E se à tarde me dá sono
quero dormir uma sesta
não consigo pois o dono
toda o tempo anda na festa!


segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

fanatismo

Esta imagem referente ao último derby, prova que para alguns benfiquistas, só é desportista quem for da sua cor! Se não for, mata-se com very-lights, mata-se com atropelamento ou não se deixa  exercer calmamente a  profissão! 

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Talvez me case além!


Sem cara d´avô babado
porque nunca fui avô
sou um ser desatrelado
porque sou só o que sou

talvez a cara de entrudo
essa já me fique bem
a de dono disto tudo
essa não quero em ninguém!

Quando vejo um atrelado
penso logo o que seria
se me tivesse casado
valha-me a virgem Maria!

Os geadas como eu
trazem sempre um atrelado
inda bem que Deus me deu
andar só comigo ao lado!

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Medir grandezas

Os árbitros de futebol estão muito sentidos com as manifestações de desagrado de alguns agentes desportivos em relação às suas atuações. Os clubes de onde tem vindo a maior parte das queixas são o FCPorto e o Sporting C Portugal. Este, pode até dizer que foi o único clube português até hoje a receber manifestações públicas hostis da parte dessa classe do apito! Caso de árbitros que já fizeram boicote aos jogos do Sporting e, o mais escandaloso, aquela cena num centro de estágio para árbitros em que estes aplaudiram efusivamente um golo sofrido pelo Sporting num jogo com o Guimarães!!! Muito sentido estaria hoje, também, um certo senhor Calabote que, na última jornada da época 1958-1959, fez com que um jogo Cuf-Benfica, tivesse 101 minutos em vez dos 90 regulamentares para ver se o seu clube marcava os golos necessários para ser campeão, já que estava em igualdade de pontos com o FCPorto. Marcou 7 com a ajuda do guarda-redes Gama que muito “gamou” o seu próprio clube mas afinal não chegou pois o Porto que, embora tenha marcado só 3 vezes em Torres Vedras viria a ser o campeão. Pois é, senhores árbitros, fazem muito bem em estar sentidos! “Quem não se sente, não é filho de boa gente” diz o ditado mas há outro ditado que diz: “à mulher de César não basta parecer séria, é preciso que o seja!”
Também a comunicação social tem-se revelado um nojo no que concerne ao respeito a um dos 3 grandes de Portugal. Dizia há um ou dois dias na rádio um “meio-crítico” de desporto,  que existem dois grandes clubes e meio, sendo o Sporting esse tal meio, porque só ganha em média,  um campeonato  por década. Meio-crítico e meio tonto digo eu deste fantoche! Então ser um grande clube depende de ter ou não ter ajudas de calabotes??? Não era assim que pensava o antigo seleccionador nacional Carlos Queiroz que, sobre o Sporting, dizia: “A sua grandeza é a grandeza do próprio desporto nacional!”

domingo, 22 de outubro de 2017

Constitucional

É engraçado verificar que as palavras nem sempre têm o significado que deveriam ter pois cada um entende dar-lhes o significado que lhe convém! Por exemplo, no caso do atual governo de Portugal, formado dentro das normas da constituição e, portanto, constitucional, logo foi apelidado de geringonça pelos aziados da direita só porque a constituição não tinha nada que ser constitucional para a esquerda, era uma afronta! A azia chegou a tal ponto que até contrataram o “diabo”!!! Na Catalunha, estamos hoje a assistir a mais uma adulteração da palavra constitucional. Para os independentistas, o facto de o governo legítimo de Espanha ter sido forçado a usar o artigo 155 da constituição, é um ato inconstitucional, porque a constituição não tem nada que ser constitucional para os outros! Para os independentistas, constitucional é agir contra uma constituição que eles próprios subscreveram!!!
Não entendo mesmo nada. Na antiguidade, cidades como Atenas e Esparta, que se guerreavam mutuamente, evoluiram para uma unidade chamada Grécia. Agora estamos a regredir para a cidade-estado de novo? Na Itália, no norte, algo estranho se passa também, embora digam que não se trata de independentismo. Espero que não regresse o tempo do circo com  escravos a serem devorados por leões! Queremos nações fortes e democráticas a sério, não pequenos estados, autênticos circos!!!